Ações repetitivas

Ações repetitivas

Imagem: Sr. Efthimios Kalevras (in memoriam), um dos maiores escultores da Grécia, que tanto nos honrou com sua amizade e exemplo.

Quando um ator decora centenas de páginas.

Quando um escritor digita milhares de palavras para seus livros.

Quando um escultor fica horas talhando sua arte.

Quando um pintor dedica anos em seu quadro.

Quando um cientista fica 14 horas todos os dias em laboratório medindo e fazendo testes.

Um dentista fica 12 horas diárias meticulosamente dedicado em talhar milímetros em nossos dentes.

Um advogado que lê centenas de páginas de processos.

Um estudante que dedica incontáveis horas aos livros.

Um programador que passa noites tentando montar um código funcional.

Um religioso que se debruça em uma vida inteira para as escrituras sagradas.

Todos têm ações repetitivas. Muitas vezes, se pegam em um tédio permanente de fazer a mesma coisa, anos a fio.

Um atleta, comemorando em seu pódio olímpico a conquista de uma medalha, ali em poucos segundos recebe as honras, o sabor e êxtase da conquista de uma vitória após anos de solitária dedicação aos treinos.

Ações repetitivas.

São a massa e argamassa que forjarão sua paciência e que trarão as conquistas tão desejadas.

Quando você se pega fazendo algo muito tedioso, algo que aparentemente não traz resultados imediatos, algo que parece não está trazendo progresso, algo nada excitante, chato, monótono, sem gosto, sem sal e que você tem toda hora vontade de abandonar, mas persiste, saiba que está pavimentando o caminho das suas conquistas.

“A genialidade é 1% inspiração e 99% transpiração.” – Thomas Edison

“O gênio é um talento que faz toda sua lição de casa.” – Thomas Edison (também)

Estamos tratando aqui de excelência pessoal.

A persistência é seu ingrediente. O progresso não vem em linha reta e sim em ondas e é cheio de obstáculos.

A persistência é uma das mais preciosas qualidades a serem desenvolvidas.

Num mundo em que a grande maioria desiste e morre na praia, aqueles que são persistentes passam na frente dos outros que cederam no meio do caminho por preguiça, interesses secundários, zona de conforto, medo, dispersão e tudo o mais que faz as pessoas desistirem de seguir em frente com seus objetivos.

Não é fácil, mas é nessa zona de desconforto que as coisas acontecem.

Em matéria de desenvolvimento pessoal, a persistência é a qualidade número um que faz com que a pessoa consiga vencer suas limitações e desenvolver habilidades.

Persistência + disciplina + modéstia = Conquista valiosa

O que você vai conquistar? O conhecimento de si próprio.

Durante a caminhada você esbarrará em seus próprios limites e saberá que, em realidade, eles estão na sua cabeça assim como tantas outras barreiras que nos auto impomos.

Você vai derrubando os obstáculos internos um a um, até perceber que é capaz sim de se superar.

As ações repetitivas, essas mesmas que você se pega o tempo todo questionando – “será que era para eu estar aqui agora fazendo isso?” – trarão você mesmo mais próximo de si, na caminhada do seu auto conhecimento.

Você olhará para sua obra e terá uma felicidade imensa ao se deparar com seu legado.

Porque em cada pingo de tinta no quadro da sua vida, terá por toda eternidade, mesmo quando se transformar em pó, um pedaço de si mesmo, da sua energia e sua contribuição com o todo.

Stavros Frangoulidis
Stavros Frangoulidis
CEO da PaP Solutions ⚡ Vamos conectar também no Linkedin

Se você achou interessante, compartilhe :-)

Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Rolar para cima