Como se livrar do cinismo

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Depoimento de um amigo, ator profissional:

“Ao longo dos anos, muitas pessoas me diziam que eu era um cínico inveterado.

E que o cinismo era algo que pessoas inteligentes adotavam. Eu atribuía o meu cinismo ao um crônico mal humor que comigo insiste em conviver.

Fato é que eu quase sempre tinha uma perspectiva negativa das coisas e de tudo que acontecesse à minha volta.

Felizmente, eu consegui me livrar disso.

Meu cinismo era tão evidente, que quando um professor de teatro, no ginásio, me escalou para ser o um velho reclamão da vida, numa peça para o Natal, meus colegas disseram que tinha sido a escolha perfeita.

Tudo o que eu lia sobre o pensamento positivo tinha pouco efeito sobre mim. Aliás, eu achava essa coisa de pensar positivo a coisa mais babaca do mundo.”

Por que uma pessoa se torna cínica

Um cínico pertence a um tipo especial de gente.

Você provavelmente conhece um cínico.

Um cínico de verdade desconfia de tudo novo que vê ou ouve; é intolerante às novas ideias e é pessimista em relação a tudo.

Não é um cético. Isso seria uma característica positiva. Ele é a “vítima” dos outros (família, governo, chefe etc) cuja auto-piedade tende a levar todos à sua volta para baixo.

O cinismo pode ter diversas causas, mas na maioria das vezes acontece quando estamos emocionalmente vulneráveis.

Li em Psychology Today:

“O cinismo faz parte de uma postura defensiva que assumimos para nos proteger.

É normalmente desencadeado quando estamos magoados ou com raiva de alguma coisa e em vez de lidar com essas emoções diretamente, acabamos permitindo que elas ‘apodreçam’ e distorçam nossa perspectiva de vida.

Quando temos uma postura cínica para um aspecto da nossa vida, iremos lentamente começar a contagiar todo o resto.”

Por exemplo, durante uma visita à sua família nas férias, uma amiga estava ficando cada vez mais nervosa com o marido.

O que começou como pequenas irritações porque ele esqueceu as chaves ou pelo fato de estar sempre atrasado, logo se tornou uma atitude hostil em relação a quase tudo o que ele fazia.

Esta maneira crítica e ofensiva transformaram as férias da minha amiga e a deixaram mal-humorada e irritável com sua família e amigos.

Somente quando ela chegou em casa, perguntou-se:

“Qual foi o problema? Como deixei isso tomar conta de mim?”

Outra causa do cinismo é fisiológica: Os nossos cérebros são programados para prestar mais atenção e registrar as experiências negativas.

Quanto mais negatividade vemos no mundo, mais propensos estamos a compartilhar essa negatividade com os outros. Ao longo do tempo isto tende a tornar-nos mais cínicos.

Em casos graves, você pode se pegar odiando praticamente tudo, sem nem pensar o porquê.

A solução

O primeiro passo é admitir que se tem o problema.

Para substituir esse processo negativo de pensamento, pare e reflita antes de admitir que você está sendo um cínico inveterado.

Quando você se pegar no padrão costumeiro da negatividade, anote-o e pense sobre isso.

Já fiz isso e acabei concluindo que muitas vezes eu me comportava como um bebê chorão.

Essa definitivamente não é uma imagem que nem sequer cogito ter de mim mesmo, uma vez que digo aos quatro ventos que faço a barba com machado, masco fumo seco e racho lenha todos os dias às 6 da manhã (rsrs).

Mas voltando a falar sério agora, uma vez que você reconhece o seu problema, pode começar a fingir que tem uma atitude mais positiva, até que esta nova atitude se torne um hábito.

Por exemplo, Carlos (nome fictício), num comentário no Facebook, compartilhou sua tática para vencer o cinismo:

“Eu era aquele cara cínico.

Ninguém me chamou a atenção quanto a isso, mas eu percebi que as pessoas começaram a falar comigo cada vez menos.

Quando fiquei mais velho, percebi que meu cinismo tinha praticamente desaparecido.

Na verdade, eu comecei a seguir o “fluxo” da positividade e isso realmente me fez uma pessoa mais feliz.

Eu costumava ser depressivo e ansioso e estou bem melhor agora só porque eu adotei uma outra atitude sobre a vida.

Basta tentar ser um pouco mais entusiasmado com os outros (experimente, não faz mal se for fingido) e estar interessado no que as pessoas têm a dizer.

Algo que eu sempre tenho em mente para me manter com uma postura saudável é uma citação de Bill Nye: “Todo mundo que você conhecer sabe de alguma coisa que você não sabe.

As pessoas tornam-se muito mais interessantes e elas realmente são interessantes.”

No meu caso, tive esse problema quando jovem e também convivi com muita gente cínica, principalmente nas empresas nas quais eu trabalhei no início da minha jornada.

Há alguns anos decidi expurgar dos meus raios de ação todos os críticos e haters. Não perderia um segundo do meu tempo respondendo a pessoas que odeiam o mundo e circunstancialmente cruzaram meu caminho.

Na verdade, não se trata da idéia florida de se concentrar no positivismo, mas sim em não manter o foco no negativo. Se eu tiver algo construtivo a dizer, eu digo. Se é um comentário pessimista, tento mantê-lo para mim mesmo, sem reverberação.

Claro que você pode reprogramar seu cérebro para a positividade de vários maneiras. Existem métodos para “enganar” o cérebro e ser mais positivo.

Os exercícios incluem gravar e escutar mensagens positivas, mandar mensagens positivas para os outros e fazer coisas boas para os outros.

Parece bobo, mas funciona.

Faça uma “auditoria” nas suas amizades

Cínicos tendem a se cercar de outros cínicos.

Isso faz aquelas longas conversas, reclamando sobre tudo, muito mais agradáveis. Só que vale a pena prestar atenção no impacto que estas relações sociais têm em você.

Eu tive muitos amigos cínicos ao longo dos anos. Esses amigos são engraçados quando você está nos seus 20 e poucos anos, mas com o passar do tempo, o cinismo e a negatividade tendem a contaminar a amizade. Se você tem muitos desses tipos em seu círculo social, é difícil largar o vício de ser cínico o tempo todo.

Eu não havia percebido o quão cínico eu estava me tornado até que eu notei o quão negativo um dos meus amigos era.

Percebi que passávamos a maior parte do nosso tempo reclamando sobre as coisas, sobre os probleminhas triviais na faculdade ou sobre a economia e política de nosso país.

Eu não aguentava mais e comecei a mudar a dinâmica das nossas conversas. A amizade permaneceu, mas conversávamos cada vez menos e por períodos mais curtos de tempo.

Fiz uma “varredura” intuitiva na minha lista de meus contatos e diminui o tempo que passava com outros amigos semelhantes. Eu não precisava (e nem queria) cortar as pessoas completamente do meu convívio, mas é óbvio que quando você está cercado por cínicos, provavelmente você também se tornará um.

Alimente a curiosidade

O cinismo tende a fazer com que você tenha uma “mente fechada”.

Isso significa que, muitas vezes, é chato prestar atenção ao mundo ao seu redor. Quando tudo está ruim, a curiosidade cai no esquecimento, o que dificulta ser criativo.

Para alimentar a curiosidade, sigo o conselho de Jason Fried, co-fundador do gerenciador de projetos Basecamp.

Segundo Fried, é importante dar às idéias cinco minutos antes de reagir a elas. Assim você pensa um pouquinho sobre elas, não reage automaticamente e tem tempo de decidir se realmente quer discuti-las ou estudá-las.

Para mim, estes cinco minutos tem um efeito duplo: A possível negatividade dissolve e a curiosidade aflora pois me forço a fazer perguntas.

Fazer perguntas é importantíssimo para treinar o pensamento criativo.

O cinismo não é de todo ruim

A linha divisória entre ser um cínico e ter um senso crítico é muito tênue. Quanto mais olharmos as coisas de forma crítica, com um distanciamento emocional, o mais provável é que vamos ser cínicos.

No entanto isso nem sempre é ruim. De acordo com o site Psychology Today, esta postura é positiva, em pequenas doses:

“Apesar do cinismo não ser saudável a longo prazo, ele pode servir como uma armadura emocional contra os problemas cotidianos da vida.

Philip Mirvis, pesquisador sobre cinismo no Boston College, diz, que a maneira cáustica e destacada dos cínicos olharem para a vida, também conhecido como pessimismo defensivo, ajuda a ‘protegê-los do que eles imaginam ser as pedras e as flechas que irão inevitavelmente receber.’

Se os cínicos ‘sabem’, desde o início, que um cliente não pode ser confiável, eles estarão melhor preparados no caso destes medos se tornarem realidade.

Lançando um olhar cínico em situações que você não pode controlar reduz seu apego emocional a um determinado resultado, e, na verdade, reduz a sua vulnerabilidade à frustração e à depressão.

Devemos lembrar que a propensão dos cínicos de detectar armações e trapaças antes dos outros também os torna socialmente valiosos. Os cínicos merecem mais atenção do que recebem pois precisamos de opositores que vão rechaçar idéias extremistas ou simplesmente bobas.”

Lembre-se, viver no otimismo inveterado também não é saudável. Como a maioria das coisas na vida, é uma questão de equilíbrio. Quando você se encontra sendo cínico sobre tudo, então é hora de dar uma olhada em como está interagindo com o mundo.

“Pan Metro Ariston” é uma frase do folósofo grego Sócrates que significa:

“Tudo é ótimo desde que seja na medida certa.”

Stavros Frangoulidis
Stavros Frangoulidis
Fundador e CEO da PaP Solutions ⚡ Vamos conectar também no Linkedin

Se você achou interessante, compartilhe :-)

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp

Anúncio

Artigos recentes

Fatos

Isaac Newton

O que mais me intriga na biografia de Isaac Newton foi o tempo que ele dedicou aos estudos de assuntos nada científicos, mas dos quais nasceram as teorias que mudaram o nosso mundo. Poucos dias antes da sua morte, Isaac Newton, queimou centenas de seus manuscritos. Ele foi o pai da ciência moderna e da

Leia mais »
Dicas

O Quanto da prospecção

1. Quanto tempo eu aguardo por uma resposta de uma proposta enviada? Indefinido. Deixe a proposta expirar. Não fique cobrando respostas pois isso acaba com sua imagem. Use um processo de follow up que agregue valor ao seu lead, mas sem fazer cobranças de retornos. 2. Quanto tempo espero no telefone para ser atendido? Se

Leia mais »

AGENDAMENTO DE REUNIÕES QUALIFICADAS

SERVIÇOS DE PROSPECÇÃO CORPORATIVA

Dedique seu tempo onde ele te trará o maior retorno: Em uma sala de reuniões com os melhores potenciais clientes do seu mercado.

Rolar para cima

Este website usa cookies para proporcionar uma melhor experiência de uso aos nossos visitantes.