Engajamento

O engajamento deve ser feito com perguntas.

Lembro que meus e-mails de retorno terminavam com “Fico à sua disposição para esclarecer quaisquer eventuais dúvidas que possa ter e aproveito para agradecer sua consulta.”

Quando mudei meu fechamento para:

  • “Agradeço sua consulta. Para quando pretende implementar a solução? “
  • “Obrigado por nos consultar. O projeto X pode também gerar Y para sua empresa. É o que você procura?”
  • “Temos dois planos que possam lhe atender. O X (detalhes) e o Y (Detalhes). Acredito que o X seja mais pertinente. Você pretende implementar na matriz e nas filiais também? “
  • “Qual o período que você planeja para ter tudo implementado? “

E assim por diante. Todos as respostas, terminam com perguntas de engajamento.

Seja na comunicação oral, seja na escrita.

No silêncio, aí sim, você começa a se relacionar usando conteúdo informativo. Uma vez por dia (sei que é difícil), por semana ou por mês, você envia um artigo ou um texto para sua base de relacionamento. Falamos aqui de aquecimento.

Voltando ao engajamento, o que mais podemos fazer para manter a oportunidade caminhando para um fechamento?

Bem, a velocidade de retorno das respostas.

Ela é importantíssima para o engajamento. O lead se aproxima e pede informações, nós retornamos imediatamente. O lead pede um call, a gente pega e liga para ele imediatamente. Quanto mais quente o assunto, maiores as chances.

Lembro de um colega que dizia “Eu retorno somente após 2 dias. Isso para os meus leads saberem que estou ocupado com outros negócios e que eles não são o centro do universo.”

Oi? Como assim?

Para mim, hoje está claro que ele se sentia montado pelos leads e isso gerava uma insegurança e afastamento das situações. Indo um pouco mais a fundo, esse meu colega, não sabia dizer “não”. Esse era o problema.

E o departamento sofria com as conversões.

Para ter alta produtividade é necessária uma postura (quase) binária na escolha das situações que você irá se envolver e aquelas que não. Veja, mesmo que você erre na suas apostas no começo, afinará seu processo decisório e aos poucos você saberá quais as oportunidades que valem a pena se envolver.

Mas para tanto, é necessária máxima velocidade no seu processamento. Nada de ficar “cozinhando” os assuntos.

Aqueles que foram escolhidos, você vai com tudo. Os outros devem ser sumariamente descartados. E vai medindo a performance. Mas repito, o processamento deve ser o mais veloz possível.

Você gera oportunidades rápido, processa rápido e volta ao looping.

Essa “máquina”, diferente de uma engrenagem simples, ganha aprendizado contínuo e alcança máxima eficiência no seu modus operandi. Esse algoritmo intuitivo será tão eficaz quanto o volume processado e medido.

Nessa estrutura de engajamento e processamento, a mensuração é fundamental. O algoritmo precisa do feedback dos resultados para se auto aperfeiçoar.

Em suma, velocidade e mensuração trarão o melhor resultado possível para seu engajamento e conversão de leads a clientes.

Todos os ofensores a esse mecanismo devem ser reprimidos e eliminados. Alguns deles: burocracia, extensa cadeia decisória, demasiados processos de controle, reentradas etc.

A velocidade é o principal driver para o engajamento.

  • Respostas rápidas
  • Perguntas assertivas
  • Postura de aproximação
  • Agregação permanente de valor
  • Maleabilidade (jogo de cintura)
  • Insistência (no relacionamento e no negócio)

Isso se o lead valer a pena. Se não, tchau. Próximo.

Pergunta.

Olhe para seu calendário. Para o que tem lá para essa semana, você tem certeza que vale a pena? Irá agregar para o seu negócio dentro do que você planejou?

Toda vez que olho para o meu, vejo oportunidades para cortar algumas coisas e incluir outras. Mas antes de incluir, me pergunto: Isso irá agregar para valer no meu business? Sim? Será que se eu pegar no telefone agora e antecipar esse call, não acelero o resultado?

Digo, imprimir urgência nas coisas que vale a pena, irá multiplicar os resultados. Pressionar para reduzir prazos (sei que não depende só de você) irá te trazer mais perto do engajamento na qualidade e volume necessários para os negócios que você precisa realizar.

O espaçamento dá abertura para ervas daninhas e desfoque. Você me entendeu.

É isso com relação ao engajamento. Você, primeiro, se faz algumas perguntas (se vale a pena e qual melhor forma de conduzir) e depois para a pessoa a ser engajada. Dependendo das respostas você mantém ou descarta.

Duro falar assim, mas os números são a realidade implacável que você enfrenta todo dia no seu saldo bancário.

E esses números dependem em demasia da qualidade de seu processo de engajamento às oportunidades comerciais.

Stavros Frangoulidis
Stavros Frangoulidis
CEO da PaP Solutions ⚡ Vamos conectar também no Linkedin

Se você achou interessante, compartilhe :-)

Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

SERVIÇOS DE PROSPECÇÃO CORPORATIVA

Dedique seu tempo em uma sala de reuniões com os melhores potenciais clientes do seu mercado

PaP (c) Todos os direitos reservados – Termos de Uso – Política de Privacidade

Rua Tabapuã, 145 – Office Center – 1º andar – Itaim Bibi – São Paulo – SP – Brasil. CEP 04509-000. Telefone: +55 11 3583-0053 (seg à sex 9-18)

Prospectamos no Brasil, América Latina e Estados Unidos
We prospect in Brazil, Latin America and United States
 
Rolar para cima