Metas secundárias

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Metas secundárias

As metas primárias são resultantes dos seguintes indicadores, que são as metas secundárias:

1. Visitantes únicos na página do seu produto/serviço
2. Calls efetuados e completados
3. Calls de qualificação (houve uma conversa de possibilidades de negócio)
4. Reuniões presenciais (ou videoconferências)
5. Propostas emitidas
6. Propostas ganhas (negócios realizados)

Vamos a cada uma delas.

1. Visitantes únicos na página do seu produto/serviço

  • Crie uma única página para cada produto/serviço e um formulário de captura de dados.
  • A página deve abrir em menos de 3 segundos e deve ser responsiva em smartphones.
  • A estrutura da página, deve se assemelhar ao seu e-mail de apresentação, com mais ênfase em testemunhais e clientes.
  • Textos, ilustrações, vídeos, logotipos etc. Não economize nas informações que levem o leitor a conhecer todos os benefícios gerados pelo produto.
  • Gere tráfego para essa página através de anúncios (Adwords, Facebook, Linkedin) e divulgue em todo lugar possível: Seus e-mails, assinatura, artigos, posts nas redes sociais etc.
  • Meça, via Google Analytics, quantos visitantes únicos sua página recebe por dia, por semana e por mês.

2. Calls efetuados e completados

  • Faça suas ligações com calma e registre as ligações completadas, ou seja, você falou com alguém do outro lado da linha.
  • Não contam ligações que não completam, telefones ocupados, telefones errados, URAs etc.
  • Use um discador digital que registre as ligações e faça gravações. Há diversas opções VOIP no mercado.
  • Meça todos os dias quantas ligações completadas por executivo foram feitas. Consolide os números por semana e por mês.
  • Meça o tempo total dedicado nos calls (o sistema te passa essa informação).
  • Um bom número é entre 30-80 ligações por dia, até gerar os leads que comecem a demandar seu tempo para conversão.

3. Calls de qualificação

  • São aquelas ligações onde houve uma conversa mais aprofundada: Foram levantadas necessidades, foram exploradas possíveis soluções, falou-se de preços, prazos, implementações. São calls qualificados onde ambas as partes calibram a possibilidade de evolução.
  • Tenha um critério claro do que é e o que não é um call de qualificação. Mesmo que a conversa encerre sem uma evolução, é de toda forma um call de qualificação: Você conversou e chegou a conclusão que não deve prosseguir com a oportunidade (por qualquer motivo). É um call de qualificação.
  • Meça esse número diária, semanal e mensalmente. Você pode ter dois ou dez call de qualificação por dia.

4. Reuniões presenciais (ou videoconferências)

  • Toda vez que você sentar, olho no olho com seus leads, trata-se de uma reunião presencial. No mesmo critério entram as reuniões ao vivo e as videoconferências.
  • É um evento onde se aprofunda sobre as necessidades, exploram-se as soluções e fala-se de preços e condições.
  • Como resultado de uma boa reunião é o nascimento de uma proposta comercial “bem costurada”.
  • Meça esse número semanal e mensalmente. Você pode ter duas ou dez reuniões presenciais por semana. É uma boa faixa.

5. Propostas emitidas

  • É quando você formaliza as condições da venda, através de uma proposta comercial. No mesmo quesito entram os orçamentos.
  • Meça quantas  propostas você emitiu na semana e no mês.
  • Totalize os valores e calcule a média.

6. Propostas ganhas

  • Aqui você anota quantas fechou e o volume financeiro dos contratos assinados.
  • Faça essa contagem mensalmente.

Esses indicadores acima, mostram a produtividade da sua área comercial e você pode acompanhar a evolução dos resultados em função da sua estratégia e gestão.

————–

Agora temos que calcular os custos da área comercial.

O que você deve contabilizar mensalmente é o seguinte:

  • [A] Salários, comissões, premiações e ajudas de custos da equipe comercial.
  • [B] Custo com telefonia, combustível, traslados e estacionamento.
  • [C] Investimentos em mídia (anúncios).
  • [D] Investimentos em geração e tratamento de listas para prospecção.

E assim você pode ter mensalmente:

  • CPL (Custo Por Lead*) =  ([A]+[B]+[C]+[D]) / [Número de leads gerados]
  • CAC (Custo de Aquisição de Cliente) = ([A]+[B]+[C]+[D]) / [Número de contratos assinados]

*Lead = Solicitou proposta

Esses são os indicadores secundários que devem ser utilizados para pautar as reuniões internas de estratégia e balizar as táticas para alcançar as metas primárias.

Stavros Frangoulidis
Stavros Frangoulidis
Fundador e CEO da PaP Solutions ⚙ Ajudo empresas a encontrar, se engajar e converter clientes por meio de capacitação (cursos) e serviços de prospecção (terceirização) ⚡ Vamos conectar também no Linkedin

Se você achou interessante, compartilhe :-)

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp

Apresente-se para os melhores clientes do seu mercado

Curso presencial avançado

PROSPECTANDO CLIENTES CORPORATIVOS

Artigos recentes

CURSO PRESENCIAL AVANÇADO

PROSPECTANDO CLIENTES CORPORATIVOS

Saiba como proceder para alcançar os melhores clientes potenciais do seu mercado.